28 agosto 2013

A primeira imagem do dia foi esta. E automaticamente me vem à cabeça aquele trecho da música do Semisonic: "every new beginning comes from some other beginning's end".

É. Os começos assustam. O fim, a saída, está seguro, basta olhar para trás e você enxergará o que já aconteceu. Abandonar o que é conhecido causa medo, expectativa. O começo, o início de algo é território desconhecido, não sabemos o que acontecerá.

Cruzar a porta de saída é deixar fatos para trás e dar um pontapé numa nova história escrita por nós mesmos.

26 agosto 2013

Corri, corri para atravessar a avenida. Consegui passar pelos carros que vinham à minha esquerda e paro na calçada, o farol dos carros à direita está aberto.

Vejo-me parada no meio da maior avenida, há carros vindo de ambos os lados. E se eu for atropelada? E se ao olhar para esquerda, não vejo o carro vindo por cima de mim à direita e vice versa? Fecha farol, fecha, fecha, fecha. Não consigo deixar meus olhos descansarem, sou tomada pela tensão de ser arrastada por algum carro. Sinto o meu corpo frágil. AMARELO. Quanto falta para o vermelho, amarelo?

O primeiro carro para. Alívio. Atravesso e a calçada seguinte me acolhe, me segura. Paro por instantes. Sou levada pelos empurrões dos desatentos. Não ligo. Se eu cair, eu levanto. Ainda sou o mesmo corpo frágil e inseguro que segundos antes estava parado no meio da avenida, mas não há meio. Estou em um dos lados que escolhi.

Este acontecimento só me leva a pensar o quanto ficar no meio de qualquer coisa me deixa mal, inclusive no meio de um pensamento.


19 agosto 2013

.Uma nova versão do mesmo.

Dei um chute no novo ano.

Sinto-me mais mulher, sinto-me mais segura pra sustentar o que penso e desejo. Não há motivos pra gaguejar o que é certo dentro de mim.

Consigo cantar um pagodão sem vergonha, dizer não a um convite ao invés de ir contra a vontade, sair mesmo que sozinha.

É um lado mais livre, mais leve, mesmo que o peso continue grande.

E ainda assim, conseguir renovar pensamentos, atitudes e opiniões. Este é o melhor presente que eu poderia me dar.