15 maio 2011


Desistir é mais fácil e mais cômodo. É voltar para a zona de conforto. É manter-se estável. É não dar um passo pra frente e também não dar um passo para trás e olhar para o que quer ser visto pela segunda vez.


Eu sinto tanta vontade de desistir. Mas desistir é deixar de sentir medo, de me sentir viva. É deixar de dar um passo para frente, mesmo que ele seja um.

3 comentários:

Malu disse...

Como tudo, desistir também tem seu lado bom. :)

Desistir, pode exigir coragem, pode significar abrir mão de coisas que você sabe que não te fazem bem e, vendo dessa forma, desistir pode ser libertador.

Como uma eterna "mikabozo" (típico de gente fogo de palha), talvez minha opinião sobre desistir não conte.rs

Mas se está correndo atrás de algo bom, não desista mesmo, amiga. Faça pausas e apoie-se nos amigos.

saudades!!! Beijos, Betty.

Kalu disse...

Seus conselhos são sempre sábios Betty! E eu nunca deixo de te ouvir :)

Natália Onori disse...

Amiga, eu penso que quando vamos dar um salto pra frente precisamos pegar impulso. Tem horas que esses passinhos recuados parecem medo ou desistência, mas na verdade é só um preparo!
1, 2, 3 iiiiii já! ou no meu estilo
5, 6, 7, 8!